Perfil do Departamento

Imagem

PERFIL DO DEPARTAMENTO

 O curso de Comunicação Social, inicialmente Curso de Jornalismo, foi criado em 1969. No início de 1970, a primeira turma prestou vestibular e no mesmo ano o curso foi implementado, ligado à extinta Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da Universidade do Amazonas, com trinta vagas.

 A idéia de criação do curso partiu do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas que a levou ao então Reitor Jauary Marinho. No ano de 1969, após uma luta de muitos anos, o Congresso Nacional discutiu e votou a regulamentação do exercício profissional e determinava que as universidades brasileiras, através do Conselho Federal de Educação, implantassem os cursos necessários à formação profissional.

 Na Universidade do Amazonas o curso nasceu na área de Humanidades e daí, inicialmente, constar de seu currículo, ainda seriado. As disciplinas próprias da área como História, Geografia, Língua e Literatura Portuguesa, Sociologia, Psicologia, Filosofia, Estética além das disciplinas profissionalizantes,  foram ministradas, e sua maioria, por professores que vieram da Escola de Comunicação e Artes (USP) e do curso de Comunicação Social (UnB). Em Manaus foram contratados como professores permanentes os jornalistas Raimundo Frânio de Lima e Nelson Dimas Filho, ambos profissionais ligados aos Diários Associados.

 Em 1971 o curso passou a denominar-se Curso de Comunicação Social e em 1972 definiram – se as Habilitações em Jornalismo e Relações Públicas para as turmas que estavam entrando através do vestibular daquele ano.

  A primeira turma formou – se nodia20de janeiro de 1974, tendo recebido o Anel Simbólico, o hoje Professor Erasmo do Amaral Linhares. Todos foram habilitados como jornalistas, mas podiam exercer também, conforme a legislação da época, as funções de Relações Públicas. As habilitações não estavam definidas e por isso, duas turmas desfrutaram desse benefício.

 Suspensos os convênios com a USP e a UnB, o curso de formação de professores incorporou ex-alunos formados na primeira turma, o primeiro a ser contratado o Professor Walmir de Albuquerque Barbosa, seguindo-se do professor Rui Souto de Alencar.

 Somente em 1975 é que o curso de Comunicação Social começou a ter seus primeiros equipamentos necessários às suas atividades práticas, já como um dos cursos do recém – criado Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), uma vez que naquele mesmo ano, por imposição da Reforma Universitária, havia sido extinta a velha Faculdade de Filosofia Ciência e Letras, tendo seus cursos sido realocados para as diversas Unidades criadas. Em 1976, com a saída dos primeiros professores para realização de cursos de Pós-Graduação, foram contratados novos docentes e criou-se os primeiros Laboratórios (Laboratórios de Rádio e Laboratório de Fotografia). Além disso, foram comprados alguns equipamentos de cinema direcionados para 8 (câmeras, projetores, moviolas, etc.). A área de televisão era suprida através de convênio com a Televisão Educativa, que iniciava uma de suas melhores fases (Tele – Escola, Centro de Produção de Programas, Programas de Auditório, Central de Jornalismo e uma boa infra-estrutura profissional e técnica).

 Com a mudança do ICHL de sua antiga sede (Rua Emílio Moreira) para o Campus Universitário em 1985, as novas instalações possuíam até um pavilhão para abrigar os Laboratórios. Novos equipamentos foram comprados e já nesse período o novo currículo acabava com o sistema de Estágio e impunha a obrigatoriedade da prática dentro do próprio curso. Foram suspensos, então os convênios existentes e passou – se a empreender uma luta, que dura até hoje, para dotar o curso de uma infra-estrutura adequada de funcionamento em sua parte técnica.

 Recentemente, o Departamento de Comunicação Social iniciou uma nova campanha para melhorar suas condições de funcionamento e conquistar um maior espaço dentro da produção acadêmica do ICHL. Para tanto, fundou a COMPESq, seu núcleo de pesquisa, está montando uma Hemeroteca e está criando dois fóruns de discussão: Fórum de Criação e Fórum de Comunicação e Cidadania. Mantém em funcionamento uma Agência Experimental de Notícia e o Jornal Nheengatu com quatro tiragens anuais. Possui um grupo PET (Programa Especial de Treinamento) mantido pela CAPES, com 12 bolsistas, participação do Programa de Iniciação Científica da UA, mantido pelo CNPq. Mantém ainda a Rádio Hall e o Cine-Vídeo Tarumã sob a sua responsabilidade. Criará em breve o Escritório Modelo de Relações Públicas e a Oficina de Textos na Redação Modelo do Curso.

 O Departamento de Comunicação Social conta hoje com 17 professores efetivos, 1 professor visitante, 3 técnicos de laboratório e 1 assistente administrativo, além de 167 alunos matriculados em 1994.

*Texto copiado na íntegra
Anúncios

Uma Reflexão sobre o perfil dos Profissionais de Comunicação Região Norte

 Resumo, transcrição:Imagem

  Ao analisar os resultados da pesquisa Região Norte/ Nordeste e o resultado da pesquisa realizada por mim, sob orientação do Prof. Dr. Walmir Albuquerque Barbosa, do curso de Comunicação Social, habilitação em jornalismo, da Universidade do Amazonas para a monografia de conclusão de curso – concluídas à mesma época (1995/ 1996) – observamos alguns pontos importantes que merecem maior atenção tanto por parte dos profissionais que atuam na área, quanto pelos professores e estudantes das faculdades de Comunicação Social.

 Diferente da pesquisa nacional, que utilizou o método de amostragem, a pesquisa sobre o perfil  dos jornalistas de Manaus foi realizada através de levantamento censitário: aproximadamente 200 profissionais que atuam nas redações, 154 foram entrevistados  individualmente, por meio de questionário.

 A pesquisa local foi posteriormente enriquecida com  algumas observações dos profissionais da área, que ajudam a definir a atual situação do mercado e enxergar outras possibilidades de trabalho na área de Comunicação em Manaus.

 Com base nas duas pesquisas e nas declarações feitas pelos jornalistas profissionais de Manaus, observamos:

  • A maioria dos egressos é do sexo feminino (67 a 87%), incluindo egressos e desvio
  • Também a maioria (51 a 69%) é composta por solteiros
  • 71 a 89% dos entrevistados é natural da região Nordeste
*texto copiado na íntegra

Jornal relata: Relações Públicas em discussão na UA

P1030153 O Escritório Modelo de Relações Públicas da Universidade do Amazonas promove, no período de 25 a 28 de novembro, o curso de Organização de Eventos e Cerimonial, ministrado pela professora Cristina Giácomo, da Faculdade de Comunicação Cásper Líbero/RJ, no Auditório Rio Javari da Faculdade de Tecnologia.

 Qualquer pessoa ligada à área de Comunicação pode participar do curso, que custa R$ 20,00 para estudantes e R$ 40,00 para profissionais. “Após a conclusão do curso, o aluno estará preparado para planejar e organizar qualquer evento, sem se descuidar do cerimonial necessário”, destaca a professora Luíza Azevedo, coordenadora do Escritório Modelo de Relações Públicas.

 Cristina Giácomo é autora do livro Tudo Acaba em Festa, Mestre em Ciência da Comunicação pela Escola de Comunicação e Arte da USP e Doutoranda em Comunicação e Semiótica na PUC/SP.

 Quaisquer informações sobre o curso podem ser dadas através do telefone 644- 2244, ramal 2179. As vagas para o curso são limitadas.

*transcrito na íntegra

Quarto Poder, que poder é este?

Imagem

Imagem

 O Departamento de Comunicação Social da UA, através do Escritório Modelo de Relações Públicas, realizará de 13 a 15 de agosto de 1997, das às 12h30, no auditório Rio Solimões  – ICHL/UA, a X Semana de Estudos de Comunicação, com o tema “Quarto Poder, que poder é este?

 Com o objetivo de incentivar e aplicar novos conhecimentos na área de Comunicação, não  só pelos acadêmicos, mas também pelos profissionais, o evento contará com subtemas como: Publicidade, Propaganda, Marketing, dentre outros.

 No dia 13/08, teremos as palestras: “O Poder da Publicidade e da Propaganda” com Marcelo Lavor – Saga Publicidade; às 9h45, “Anunciante x Publicitário x Consumidor. De quem é o poder?”, com José Torres – Jornalista;  às 10h30, “O Poder do Marketing”, com Idaci Mendes – Consultoria Sinergia/RJ. No dia 14/08, às 9h, “O Poder no Telejornalismo”, com Luiz Eugênio Nogueira – Novidade FM; às 10h30, “O poder no Jornalismo”, com Tereza Cruvinel – O Globo/Brasília. No dia 15/08, às 9h, “Lei de Imprensa”, com José Seráfico – Fund. Djalma Batista, às 9h45, “Ética e Assessoria Política”, com José Bartolo – Jornal “A Crítica”; às 10h30, “Lobby e Poder na Comunicação”, com José Felício Goussain – Univ. Taubaté – SP.

 As inscrições poderão ser feitas no Escritório Modelo de Relações Públicas, Campus Universitário – ICHL. A taxa de inscrição é de R$ 5,00 para estudantes e R$10,00 para profissionais. Maiores informações pelo fone: 644 2244, Ramal 2179, fax: 644 2451, com as professoras Luiza Elayne Azevedo e Célia Carvalho.

*texto copiado na íntegra

CONSELHO UNIVERSITÁRIO – RESOLUÇÃO Nº 010/77

RESOLUÇÃO Nº 010/77

ADAPTA a Resolução nº 039/74 que fixa o Currículo Pleno do Curso de Graduação em Comunicação Social, para a habilitação especifica em Relações Públicas.

O REITOR DA UNIVERSIDADE DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÀRIO, no uso de suas atribuições estatutárias, e

CONSIDERANDO a necessidade de revisão do currículo Pleno do Curso de Graduação em Comunicação Social, em decorrência da Resolução nº 005/77, do Conselho Universitário, que transforma-o nas habilitações especificas em Jornalismo e em Relações Públicas;

CONSIDERANDO o que decidiu o Conselho Universitário em reunião desta data, apreciando o processo nº 010288, oriundo do Instituto de Ciências Humanas e Letras.

RESOLVE:

Art. 1º – Para conclusão do Curso de Graduação em Comunicação Social – habilitação em Relações Públicas, do qual resultará o grau de Bacharel, serão necessários 149 (cento e quarenta e nove) créditos, equivalente a 2. 565 (duas mil quinhentos e sessenta e cinco) horas-aula, a serem integralizadas, no mínimo em 3 (três) e no máximo em 6 (seis) anos.

Art. 2º – São as seguintes as disciplinas obrigatórias do Currículo Pleno do Curso de Graduação em Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas:

Sigla Disciplina

Pré-Requisito

Nº de créditos

Carga Horária

IHS-21 Sociologia II IHS-11

04

60

IHB-119 Fundamentos Científicos da Comunicação I

_

04

60

IHB-129 Fundamentos Científicos da Comunicação II IHS-119

04

60

IHS-63 Ética e Legislação nos Meios de Comunicação

_

05

75

IHS-64 Teoria e Pesquisa da Opinião Pública

_

04

60

FAA-13 Marcadologia FAA-11

04

60

Sigla Disciplina Pré-Requisito

Nº de créditos

Carga Horária

IHB-34 Introdução às Técnicas de Comunicação

_

06

90

IHS-15 História da Cultura e dos Meios de Comunicação I

_

04

60

IHS-125 Historia da Cultura e dos Meios de Comunicação II

IHS-15

04

60

IHB-39 Jornalismo Comparado

05

75

IHS-75 Problemas Sociais e Econômicos Contemporâneos

_

06

90

IHS-14 Cultura Brasileira

05

75

FAA-051 Relações Humanas

FAA-11

04

60

FAA-64 Teoria e Técnica de Relações Públicas

FAA-11

04

120

FAA-74 Relações Públicas Governamentais

FAA-64

04

120

FAA-84 Relações Públicas Empresariais

FAA-64

04

120

IEM-001 Complementos de Matemática e Estatística

_

04

60

ILE Língua Estrangeira I

05

75

FEF-23 Psicologia Social

FEF-11

04

60

FAA-041 Planejamento Administrativo

FAA-11

05

75

IHS-113 Estudo de Problemas Brasileiros I

_

01

15

IHS-123 Estudo de Problemas Brasileiros II

_

01

15

IBE-01 Prática Desportiva I

01

30

IBE-02 Prática Desportiva II

01

30

FAA-34 Chefia e Liderança

06

90

FAA-11 Introdução à Administração

FAA-11

04

60

IHB-149 Estágio Supervisionado em Comunicação I

_

04

120

IHB-159 Estágio Supervisionado em Comunicação II

_

04

120

TOTAL

111

1.995

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

Imagem

 Resolução nº 005/77

  Transforma o Curso de Graduação em Comunicação Social, para habilitação especificas em Jornalismo e Relações Públicas

     O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em exercício, no uso de suas atribuições estatutárias, e CONSIDERANDO a necessidade de transformar o Curso de Graduação em Comunicação Social, em habilitações especificas; CONSIDERANDO os resultados das pesquisas de mercado local, realizado pela Equipe Técnica, designa pela Portaria nº 906/75, desta Reitoria;

      CONSIDERANDO, finalmente, o que decidiu o Conselho Universitário, acatando as sugestões apresentadas pela Comissão composta por membros deste Colegiado, conquanto a decisão tomada na reunião do dia 07/01/77.

            RESOLVE:

  •   Art. 1º – O Curso de Graduação em Comunicação Social, do qual resultará o grau de Bacharel, será oferecido nas habilitações especificas em Jornalismo e em e Relações Públicas.
  •   Art. 2º – O Conselho Universitário aprovará, oportunamente, as adaptações que ao fizerem necessárias, no Currículo Pleno do Curso de Graduação em Comunicação Social, em face à transformação para as habilitações em Jornalismo e em Relações Públicas.
  •   Art. 3º – Esta resolução entra em vigor a partir da presente data, revogadas as disposições em contrário.

            SALA DE REUNIÕES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em Manaus, 21 de Janeiro de 1977.

OCTAVIO HAMILTON BOTELHO MOURÃO

Presidente, em exercício

Associação Brasileira de Relações Públicas Conselho Nacional

Ilmo. Sr. Prof.

Randolpho de Souza Bittencourt
Associação Amazonense de Relações Públicas
Manaus – AM
Prezado colega,

Recebi nesta data cópia da Ata da Reunião do dia 15 do corrente, sob a Presidência do nosso vice-Presidente Cândido Teobaldo de Souza Andrade, a qual, depois de analisada, será arquivada neste conselho.
Queira o prezado colega receber os parabéns pela iniciativa de restaurar a ASSOCIAÇÃO AMAZONENSE DE RELAÇÕES PUBLICAS aproveitando, em tão boa hora, a presença do mestre Cândido Teobaldo.
Os parabéns são extensivos aos demais signatários que compareceram aquela Reunião.
Aguardo o envio de uma relação com pelo menos, 15 sócios titulares, vinculados a qualquer Regional e, mais ainda, a cópia do edital de Convocação que será feito com prazo de 30 dias, acompanhado, ainda, do pedido de transformação de ASSOC. AMAZ. DE REL. PÚBLICAS para futura regional, ou seja, ABRP do estado do Amazonas, para ser aprovada na próxima reunião do Conselho Nacional, a realizar-se durante o “IV CONGRESSO DE RR. PP.”, no período de 22 a 26 de setembro do corrente ano, na cidade de Maceió – AL.
Ao seu inteiro dispor, subscrevo-me

ATENCIOSAMENTE.
Prof. Dante de Lima Viana
Reg. nº 224 – CRPRP/M.T
Pres. do CONSELHO NACIONAL – ABRP